Imperador e família abrem 2009 com saudação a milhares no Japão

Tóquio, 2 jan (EFE).- O imperador Akihito e a família imperial, incluindo a princesa Masako, desejaram hoje feliz ano novo do balcão do Palácio Imperial às milhares de pessoas que se aproximaram do recinto, que só é aberto ao público duas vezes ao ano.

EFE |

Desta vez, a crise econômica centrou as palavras de Akihito, de 75 anos, em vez dos tradicionais desejos de paz e felicidade para o novo ano que costuma expressar nesse tipo de ocasião.

"Espero que este ano seja bom para todos", destacou hoje o imperador na primeira de suas cinco aparições previstas, em vez das freqüentes sete, devido a seu delicado estado de saúde.

Como é tradição, Akihito saiu para saudar pela primeira vez às 10h (23 de Brasília), acompanhado de sua esposa, a imperatriz Michiko, de 74 anos, seu filho e herdeiro, o príncipe Naruhito, e sua nora Masako, que há vários anos sofre de depressão.

Na varanda coberta com vidro blindado estavam também o segundo filho dos imperadores, o príncipe Akishino, e sua esposa Kiko, pais do pequeno Hisahito, que ao nascer em setembro de 2006 se tornou o terceiro na linha de sucessão ao trono.

Para agradar aos cidadãos que hoje vão ao Palácio de várias partes do país, o imperador aparecerá em cinco ocasiões, duas a menos que o habitual, devido a seus problemas de saúde, segundo a agência de notícias local "Kyodo".

Segundo a "Kyodo", por volta das 11h30 (0h30) já estavam concentrados no palácio 45.550 pessoas.

A reunião se transformou em tradição por ser apenas uma das duas ocasiões do ano em que se abrem ao público os jardins do Palácio Imperial, um enorme enclave no centro de Tóquio.

A outra ocasião é pelo aniversário de Akihito, em 23 de dezembro.

EFE psh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG