Imperador do Japão cancela compromissos por una arritmia

O imperador Akihito do Japão cancelou todos os compromissos durante dois dias em conseqüência de uma arritmia cardíaca, anunciou nesta quarta-feira o palácio imperial.

AFP |

Akihito, que completará 75 anos no fim de dezembro, deve "passar por exames e repousar", explicou um porta-voz da agência imperial.

O imperador sentiu dores no peito há duas semanas e os médicos diagnosticaram uma arritmia cardíaca, além de pressão alta.

Entre os encontros cancelados está uma reunião programada para quinta-feira com o presidente polonês Lech Kaczynski.

Akihito foi operado em 2003 de um câncer de próstata e segue uma terapia hormonal para evitar uma recaída.

Ele subiu ao trono de Crisântemo em 1989, após a morte de seu pai, o imperador Hirohito, que faleceu aos 87 anos.

O imperador é o chefe de Estado, uma função simbólica, desprovida de poder político.

mis/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG