Imigrante fica ferido em Israel por foguetes palestinos após fim da trégua

Jerusalém - Um imigrante tailandês se transformou neste domingo no primeiro ferido em Israel por causa dos foguetes lançados a partir da Faixa de Gaza após o fim da trégua com o Hamas, informaram fontes de saúde.

EFE |

O homem ficou levemente ferido ao ser atingido no braço por estilhaços de uma bomba enquanto trabalhava na estufa de um kibutz vizinho à Faixa de Gaza.

Esta manhã, a Jihad Islâmica lançou contra Israel oito foguetes artesanais Qassam e três bombas, que se somam aos 33 disparados por diversas milícias palestinas desde que, na sexta-feira passada, terminou a trégua com o Hamas em Gaza, e que não causaram vítimas.

Ontem, quando se preparava para lançar um projétil, um miliciano das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa, o braço armado do Fatah, morreu e outros dois ficaram feridos em um bombardeio aéreo israelense na cidade de Beit Lahia, no norte da Faixa de Gaza.

Foi o primeiro morto palestino desde o retorno às hostilidades, após seis meses de cessar-fogo entre Israel e Hamas, alcançado em junho com mediação egípcia e que só se estendia a Gaza.

Na quinta-feira, as milícias palestinas decidiram por unanimidade não renovar o cessar-fogo, ao considerar que Israel estava descumprindo sua parte do trato.

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG