infiéis , exceto sionistas - Mundo - iG" /

Imãs pedem a muçulmanos para não rezar contra infiéis , exceto sionistas

Cairo, 9 set (EFE).- Clérigos do Centro de Estudos Islâmicos de Al-Azhar, a instituição de ensino religioso mais conhecida do mundo árabe, pediram aos fiéis para não rezar contra não-muçulmanos, exceto os sionistas, revelaram hoje à Agência Efe fontes desta universidade.

EFE |

Segundo o clérigo Abdel Moti Bayumi, "alguns ímãs que não estão bem informados encorajam os fiéis a rezarem pela destruição dos não-muçulmanos, o que é um erro, pois o profeta (Maomé) rezava apenas contra os que agrediam islamitas".

Bayumi seria defensor de uma fatwa (pronunciamento religioso) saudita, emitida recentemente, que considera orar pela destruição dos não-muçulmanos - como acontece em algumas mesquitas - contraditório às leis muçulmanas da "Sharia", que o proíbe.

No entanto, Bayumi ponderou que "é permitido rezar pela destruição dos sionistas em Israel, porque estes expulsaram os (palestinos) muçulmanos de suas casas".

"Não se deve perdoar os sionistas, porque isso significaria rendição", acrescentou o clérigo.

Por sua parte, Mohammed Rafat Osman, outro especialista em assuntos islâmicos, declarou ao jornal egípcio independente "Al-Masri Al-Youm" que os "muçulmanos têm que promover a sua religião atraindo os que não creem nela, ao invés de odiá-los".

"Como podem alguns rezar pela destruição dos não-muçulmanos, enquanto o objetivo é apresentá-los ao Islã?". EFE hh/id/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG