Bangcoc, 30 jan (EFE).- Um imame foi assassinado por um homem armado com um fuzil kalashnikov quando entrava em sua mesquita na cidade de Pattani, no sul da Tailândia, região que é cenário de um conflito armado que já deixou cerca de 3.

300 mortos desde 2004.

Fontes policiais identificaram a vítima como Abdulkarim Yusoh, de 46 anos, e disseram que recebeu um tiro fatal na cabeça e outros dois no corpo.

O assassino abriu fogo de um automóvel quando o imame ia para a entrada da mesquita Kayi, após estacionar a motocicleta na qual tinha viajado até lá. EFE grc/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.