Uma série de poderosas explosões sacudiu a cidade de Peshawar, no oeste do Paquistão, em área próxima ao consulado americano nesta segunda-feira. Testemunhas dizem que podiam ver colunas de fumaça sobre a cidade e que alguns prédios desabaram.

Forças de segurança trocaram tiros com supostos militantes após as explosões.

O correspondente da BBC na capital do Paquistão, Islamabad, Alistair Leithead, disse que o clima é de caos e não se sabe ao certo o número de mortos ou feridos.

Segundo Leithead, se for confirmado que o ataque foi contra o consulado dos Estados Unidos, esse teria sido o primeiro ataque em mais de quatro anos contra um alvo especificamente americano no país.

Ato público

Mais cedo, dezenas de pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas em um atentado a bomba suicida em uma manifestação no distrito de Lower Dir, no noroeste do Paquistão.

Funcionários dos serviços de emergência ainda estão procurando mais vítimas sob os escombros.

A manifestação, que tinha reunido centenas de pessoas, foi organizada pelo Partido Nacional Awami, de tendência nacionalista e secular, que se opõe fortemente à milícia islâmica Taleban e a outros militantes islamistas.

Dezenas de líderes locais foram mortos por militantes durante os dois anos em que o Taleban controlou os distritos de Swat, Dir e Buner, até que, no ano passado, forças do governo retomaram o controle da região.

Assista ao vídeo do ataque ao consulado:

Leia mais sobre Paquistão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.