Ike vira furacão de categoria 4 e aumenta riscos

O furacão Ike adquiriu nesta quinta-feira a categoria 4 (em uma escala que vai até 5) no Oceano Atlântico e se transformou em um fenômeno extremamente perigoso, com ventos de 215 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

AFP |

O Ike está atualmente sobre a parte ocidental do Atlântico Norte, longe da costa, e ainda é prematuro prever "se alguma região pode ser afetada", acrescentou o NHC.

ddl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG