Igreja freqüentada por Sarah Palin é incendiada no Alasca

Washington, 14 dez (EFE).- A igreja freqüentada pela governadora do Alasca e ex-candidata republicana à Vice-Presidência dos EUA, Sarah Palin, em Wasilla, neste estado americano, sofreu um incêndio na sexta-feira à noite, disseram hoje os bombeiros.

EFE |

Um grupo de mulheres estava dentro da Wasilla Bible Church quando começou o incêndio, mas todas saíram sem problemas depois de soar o alarme.

A Polícia suspeita que o fogo tenha sido obra de um piromaníaco, de acordo com o jornal "The Anchorage Times".

"Por enquanto o tratamos definitivamente como suspeito e provocado", disse ao jornal o chefe de bombeiros, James Steele.

A igreja, de três andares e com uma capacidade para mil pessoas, sofreu um prejuízo de US$ 1 milhão, segundo as autoridades.

Palin passou pela igreja no sábado e falou com seus responsáveis.

Seu gabinete disse em comunicado entregue ao jornal que a governadora do Alasca se desculpa "caso o incidente esteja vinculado de qualquer forma à atenção não merecida que recebeu a igreja desde que ela se tornou candidata à Vice-Presidência, em 29 de agosto".

Os bombeiros disseram que, por enquanto, não têm indícios dos motivos do eventual piromaníaco. EFE cma/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG