A Igreja Católica dos Estados Unidos pagou o total de 436 milhões de dólares no ano de 2008 em indenizações envolvendo casos de abuso sexual praticados pelo clero, revela um relatório da própria Igreja divulgado nesta sexta-feira.

A enorme soma foi paga em acordos com as vítimas de abusos, destaca a Igreja, que está adotando uma série de normas para proteger as crianças.

Em 2007, a Igreja Católica pagou a soma recorde de 526 milhões de dólares em indenizações ligadas aos abusos.

O relatório revela que em 2008 ocorreram 803 novas denúncias de abuso sexual por parte de membros do clero, sendo mais da metade envolvendo crianças, contra 692 casos em 2007.

O documento salienta ainda que mais da metade das novas denúncias corresponde a abusos cometidos entre 1960 e 1974, e que muitos dos supostos agressores já morreram ou não exercem mais seus ministérios.

Kdz/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.