Igreja católica do Japão beatifica 188 mártires

A Igreja católica beatificou nesta segunda-feira 188 mártires japoneses do século XVII na cidade de Nagasaki (oeste), na primeira cerimônia deste tipo realizada no Japão.

AFP |

Mais de 30.000 cristãos japoneses e de inúmeras nações asiáticas se reuniram num estádio de beisebol em Nagasaki para assistir à cerimônia.

Durante a bênção dada aos mártires, o cardeal José Saraiva Martins, representante do Papa Bento XVI, declarou a beatificação, uma etapa que precede a santificaçao no catolicismo.

Muitos desses 188 mártires japoneses foram torturados até a morte entre 1603 e 1639 por praticar sua religião.

A cerimônia acontece 27 anos depois que o Papa João Paulo II visitou o Japão e disse a um arcebispo de Nagasaki que seu país era uma nação de mártires que deviam ser reconhecidos.

O Papa Bento XVI asssinou o decreto no ano passado.

Muitos monges e sacerdotes vestidos de cinza se encontravam entre os milhares de cristãos japoneses e estrangeiros principalmente vindos do sudeste asiático, Coréia do Sul e Filipinas.

Nenhum funcionário do governo foi convidado para o ato de beatificação.

yt-oh/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG