Igreja católica boliviana condena atentado a casa de cardeal

A Igreja Católica da Bolívia considerou um atentado criminoso uma explosão registrada nesta quarta-feira na casa do cardeal Julio Terrazas, na cidade de Santa Cruz (leste), atribuindo o episódio, que não deixou vítimas, à intolerância vivida no país.

AFP |

Segundo a Conferência Episcopal Boliviana, em comunicado entregue à AFP, "o fato reflete uma atitude de intolerância e o recurso à violencia que atentam contra os princípios de convivência democrática em nosso país".

Acrescentou que "um atentado à casa do cardeal é também uma afronta contra sua pessoa, sua dignidade e posição de liderança na Igreja Católica da Bolívia.

No momento do atentado, o cardeal estava em Vallegrande, perto de Santa Cruz, a 900 km a leste de La Paz.

O religioso tem entado em atrito com o presidente Evo Morales, que o acusa de estar a serviço da direita.

jac/rs/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG