Igreja Anglicana autoriza ordenação de bispas

Londres, 7 jul (EFE).- O Sínodo Geral da Igreja Anglicana autorizou hoje a ordenação de bispas, assunto polêmico responsável por uma grande divisão interna entre liberais e conservadores.

EFE |

A decisão foi tomada após um longo e caloroso debate de mais de seis horas entre os membros do Sínodo Geral, que estão reunidos em York, no norte da Inglaterra, desde sexta-feira.

Há dois anos, a Igreja Anglicana, que ordenou sua primeira bispa em 1994, já tinha se comprometido a aceitar a ordenação de mulheres.

No entanto, faltaram definir os requisitos a serem preenchidos pelas candidatas e acalmar de alguma forma os conservadores contrários à decisão.

Na verdade, em carta dirigida aos arcebispos de Canterbury, Rowan Williams (primaz da Igreja Anglicana), e de York, John Sentamu (segundo na hierarquia), mais de 1.300 clérigos, em sua maioria aposentados, tinham ameaçado deixar a Igreja da Inglaterra caso não fosse garantido aos tradicionalistas o direito de não reconhecer as bispas.

Para satisfazer o setor mais ortodoxo, o Sínodo Geral aprovou uma moção que contempla a redação de um código de conduta que permita às paróquias mais conservadoras não ter contato com as mulheres bispos.

Porém, outras idéias dos conservadores esbarraram na oposição do Sínodo, como a criação de "super-bispos" para atender às necessidades das dioceses contrárias à participação de bispas em determinados atos. EFE pa/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG