Washington, 2 jun (EFE).- Um iemenita que estava há mais de sete anos detido em Guantánamo morreu após aparentemente cometer suicídio, informou hoje o Pentágono.

EFE cma/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.