As forças de segurança iemenitas prenderam seis suspeitos de serem membros da Al-Qaeda, que faziam parte de um grupo que atentou contra turistas sul-coreanos e que planejavam ações contra outros estrangeiros, informou o ministério do Interior.

Segundo a fonte, o grupo pretendia cometer doze atentados contra instalações petroleiras, bens ocidentais e turistas estrangeiros.

mou/mh/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.