Iêmen diz ter matado 30 militantes da Al Qaeda em ataque aéreo

SANAA (Reuters) - Um ataque aéreo do Iêmen matou 30 militantes da Al Qaeda que planejavam uma ofensiva contra iemenitas e instalações de petróleo estrangeiras, disse uma autoridade de segurança nesta quinta-feira. Os ataques foram na província de Shabwa, no leste do país, e, entre os mortos, estão dois importantes membros da Al Qaeda na Península Arábica, disse a autoridade sob condição de anonimato.

Reuters |

Os ataques ocorreram enquanto os militantes se reuniam, afirmou.

O Iêmen, que intensificou sua campanha contra militantes da Al Qaeda nas últimas semanas, também enfrenta uma revolta xiita no norte e violência separatista no sul.

(Reportagem de Mohamed Sudam)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG