Iêmen desmantela célula da Al Qaeda que planejava atentados no país

Sana, 17 jun (EFE).- Os organismos de segurança do Iêmen desmantelaram uma célula da rede terrorista Al Qaeda no país, cujos membros planejavam atentados contra interesses ocidentais e governamentais, informou hoje o site Rai News.

EFE |

Fontes dos serviços de segurança, citadas pela "Rai News", explicaram que os membros do grupo foram detidos ontem à noite em Sana, sem especificar quantos eram.

No entanto, sublinharam que entre os detidos figura Riad al-Salehi, o suposto líder da célula terrorista, e um dos homens buscados pelas autoridades no Iêmen por sua suposta relação com o braço local da Al Qaeda.

A rede terrorista pediu, em maio, a seus simpatizantes no Iêmen para que realizassem "dolorosos" ataques contra os interesses ocidentais no país, especialmente os americanos.

A Al Qaeda assumiu a autoria de numerosos ataques perpetrados nos últimos meses em Sana.

O vice-presidente do Iêmen, Abdrabu Mansour, anunciou no domingo passado que seu país tinha expulsado cerca de 16 mil supostos simpatizantes da rede terrorista durante os três últimos anos, no marco de um plano para combater o terrorismo. EFE ja/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG