Iêmen: 34 supostos membros da Al-Qaeda mortos em ataque aéreo

Trinta e quatro supostos membros da Al-Qaeda morreram em um ataque aéreo na manhã desta quinta-feira contra uma área de encontro da rede terrorista na província de Chabwa, ao leste de Sanaa, capital do Iêmen.

AFP |

"O ataque foi executado no momento em que dezenas de membros da Al-Qaeda estavam reunidos em Wadi Rafadh", afirmou uma fonte militar, que pediu anonimato.

A região citada é uma área montanhosa isolada da província de Chabwa, 650 km ao leste da capital.

O líder da Al-Qaeda na Península Arábica, Nasser Al-Whaychi, estava na reunião, segundo a mesma fonte, que citou entre os mortos outros dirigentes do grupo, como Saad al-Fathani e Mohammad Ahmed Saleh al-Umir.

No entanto, não teve condições de informar o destino de Nasser Al-Whaychi.

"Sauditas e iranianos presentes na reunião de Wadi Rafadh figuram entre os mortos", completou a fonte.

A operação aconteceu uma semana depois de um primeiro ataque do Exército que matou 30 membros da Al-Qaeda na província de Abyan, sudeste do país, e resultou na prisão de 30 extremistas.

mou/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG