Uma mulher idosa, que tinha a gripe suína, faleceu na província de Alberta, mas as autoridades canadenses ainda não confirmaram se o óbito foi provocado pelo vírus H1N1, revela nesta quinta-feira a TV estatal CBC.

Se a causa da morte for a gripe suína, este será o primeiro óbito no Canadá provocado pela pandemia, que já matou ao menos 44 pessoas, a grande maioria no México.

O Canadá é o terceiro país com mais casos de gripe suína, 214 no total, mas todos os pacientes apresentam sintomas leves, exceto por uma jovem que foi hospitalizada em Alberta com um quadro "grave".

sab/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.