Idosa cubana completa 125 anos, segundo governo

Havana, 2 fev (EFE).- A cubana Juana Bautista de la Candelaria Rodríguez completou hoje 125 anos e é presumivelmente a pessoa mais velha do planeta, embora não tenha sido reconhecida como tal, informou hoje a imprensa oficial da ilha.

EFE |

Chamada carinhosamente de 'Candulia' pelos mais próximos, Joana não está no livro Guinness dos recordes, mas teria nascido em 2 de fevereiro de 1885 em Campechuela, povoado da província de Granma, onde ainda reside, segundo a Agência de Informação Nacional (AIN).

A agência acrescentou ainda que a data é confirmada por um documento do Registro Civil da localidade, onde foi inscrita 25 dias depois do parto por sua mãe, Cecilia Rodríguez.

Candulia, que foi a segunda de 13 irmãos, disse que está bem de saúde e muito feliz, e que espera festejar muitos outros anos com seus seis netos, quinze bisnetos e quatro tataranetos.

Ela atribui sua longevidade ao ar puro do campo, à alimentação rica em carnes e "ao coração desde sempre repleto de amor", acrescenta a agência estatal cubana. EFE.

am/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG