Hungria fechará consulado em São Paulo para cortar gastos

Budapeste, 16 jun (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores húngaro fechará as representações diplomáticas em 12 países, entre elas as Embaixadas do Chile e da Venezuela, e um consulado em São Paulo, como parte de um programa de corte de gastos.

EFE |

O ministro Péter Balázs anunciou hoje que serão fechadas 4 embaixadas e 8 consulados, com o que a Hungria terá 102 representações em 80 países, segundo a agência "MTI".

"O tamanho de nosso país e nossas ambições são as que justificam uma rede (de legações diplomáticas) menor que a atual ", disse o ministro ao explicar as razões da medida.

Assim, a Hungria fechará suas Embaixadas em Santiago do Chile e em Caracas e seu consulado de São Paulo, com o que sua representação diplomática na América Latina fica reduzida às embaixadas em Brasil, Argentina, México e Cuba.

Segundo o ministro, esta medida permitirá economizar 7,1 milhões de euros ao ano, o que representa 5% do orçamento do departamento que dirige.

Também se espera o fechamento das embaixadas de Luxemburgo e Kuala Lumpur (Malásia), assim como os consulados de Lyon (França), Düsseldorf (Alemanha), Cracóvia (Polônia), Chicago (EUA) e Toronto (Canadá). EFE mn/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG