HRW pede que ONU exija dos EUA garantias sobre DH antes de renovar mandato no Iraque

A ONU deve exigir aos Estados Unidos garantias relacionadas aos Direitos Humanos no Iraque antes de renovar o mandato da força mobilizada nesse país, indicou em uma carta divulgada nesta segunda-feira a organização humanitária Human Rights Watch (HRW).

AFP |

"O Conselho de Segurança da ONU deveria insistir que os Estados Unidos respeitem o direito internacional nos casos das pessoas detidas", indicou em uma carta ao organismo o diretor para o Oriente Médio da HRW, Joe Stork.

Seundo o documento, que cita dados da ONU, no final de 2007 a força liderada pelos Estados Unidos tinha 24.514 prisioneiros no Iraque.

Washington "levou o Conselho de Segurança a declarar que a ocupação do Iraque liderada pelos Estados Unidos terminou em junho de 2004, o que significa que a partir desse momento serão aplicados os padrões dos direitos humanos internacionais: revisão judicial, acesso a advogados e julgamento justo", disse.

Segundo a HRW, milhares de prisioneiros no Iraque são submetidos a condições que não respeitam esses critérios e o organismo tem "sérias preocupações relativas ao uso da tortura pelas autoridades iraquianas"

"Quatro anos depois de Abu Ghraib, Washington deveria finalmente permitir que monitores independentes com possibilidade de divulgar suas conclusões visitem as instalações e conversem com os detentos", acrescentou Stork.

O mandato do Conselho de Segurança para a presença da força militar norte-americana no Iraque será concluído no final deste ano e nesse contexto os Estados Unidos e os iraquianos estão negociando as futuras condições.

ltl/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG