HRW acusa Israel e Hamas de violação ao direito internacional

Nações Unidas, 30 dez (EFE).- A organização Human Rights Watch (HRW) acusou hoje Israel e o Hamas de violação do direito internacional por terem causado a morte de civis no confronto que protagonizam em Gaza.

EFE |

Em um comunicado, a entidade de direitos humanos afirmou que os bombardeios israelenses em Gaza com vítimas civis e o lançamento indiscriminado de foguetes palestinos contra povoados israelenses são infrações à legislação internacional.

"Disparar foguetes contra áreas civis com a intenção de causar dano e aterrorizar os israelenses não tem nenhum tipo de justificativa", disse o responsável da HRW no Oriente Médio, Joe Stork.

Ao mesmo tempo, Israel "não deveria atacar indivíduos ou instituições em Gaza simplesmente porque são parte da autoridade política controlada pelo Hamas".

Stork lembrou que os ataques só têm justificativa quando os alvos são militares e são levados a cabo de uma maneira que minimize as baixas de civis.

A HRW também considerou uma violação do direito internacional o bloqueio imposto há meses por Israel sobre o território palestino, o qual limita a entrada de artigos de primeira necessidade na Faixa de Gaza, como remédios e combustível. EFE jju/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG