Hotéis de Pequim reduzem preços para atrair turistas

A menos de um mês da Olimpíada, os hotéis de Pequim estão reduzindo suas tarifas devido à baixa procura pelos turistas. A indústria hoteleira da cidade-sede dos Jogos ficou eufórica com o maior evento esportivo do ano e, desde o início do ano, vinha aumentando seus preços, com a certeza de que as reservas seriam esgotadas.

BBC Brasil |

De acordo com o correspondente da BBC em Pequim, James Reynolds, hotéis três estrelas chegaram a subir as diárias de US$ 160 para US$ 600. Em outros estabelecimentos, o aumentou chegou até 600%.

Mas a 17 dias do início dos Jogos, muitos hotéis ainda não estão cheios. Alguns deles ainda estão mais vazios do que no mesmo período do ano passado.

Segundo Reynolds, os hotéis estão sendo forçados a reduzir suas tarifas em até 30% para atrair a clientela. Nos estabelecimentos de cinco estrelas, os cortes têm sido ainda maiores.

Os hoteleiros culpam a política restrita de vistos impostas pelo país, mas analistas avaliam que os altos preços são o que mais desanima os visitantes.

Pequim espera receber até 500 mil pessoas durante o mês dos Jogos Olímpicos. A cerimônia oficial de abertura será realizada em 8 de agosto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG