Aquila atende feridos dentro e fora do centro - Mundo - iG" /

Hospital de L Aquila atende feridos dentro e fora do centro

LAquila (Itália), 7 abr (EFE).- O hospital da cidade italiana de LAquila, uma das mais atingidas pelo terremoto da segunda-feira, atende atualmente 80 feridos que recebem assistência médica fora de suas instalações, depois que o edifício principal foi desocupado, após o terremoto.

EFE |

Assim comunicou hoje à Agência Efe o diretor do hospital, Roberto Marzetti, que disse que o centro de saúde teve que ser evacuado na madrugada da segunda-feira, após o tremor de 5,8 graus na escala Richter que castigou a região de Abruzzo.

Os hospitais móveis e de campanha proliferaram em L'Aquila, assim como cozinhas improvisadas onde se distribui comida e bebida aos desabrigados, que são entre 70 mil e 100 mil pessoas.

Marzetti disse que serão ampliados os hospitais de campanha e que os mortos foram levados à Escola da Guarda de Finanças.

A única farmácia que permanecia aberta na cidade fechou após as duas réplicas de terremoto registradas esta manhã.

As pessoas que se encontravam na única padaria aberta perto de um campo de atletismo saíram correndo do local durante uma réplica, em meio às sirenes das ambulâncias que se dirigiam para o centro da cidade.

Os habitantes de L'Aquila vivem em um verdadeiro estado de pânico e desespero diante da devastação da cidade e da possibilidade de que ocorra outro forte terremoto.

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, disse em L'Aquila que o balanço de vítimas fatais do terremoto já é de 207 pessoas, das quais 17 ainda não foram identificadas.

Em entrevista coletiva na cidade de L'Aquila, Berlusconi disse que ainda há 15 desaparecidos e que 150 pessoas puderam ser resgatadas com vida entre os escombros.

fab-mcs/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG