Hospital confirma transplante de fígado de Steve Jobs

O fundador da Apple, Steve Jobs, recebeu um transplante de fígado e se recupera bem, com um excelente prognóstico para sua saúde, anunciou nesta quarta-feira o hospital de Memphis (Tennessee), onde foi operado.

AFP |

"Steve Jobs recebeu um trasplante de fígado no hospital da Universidade Metodista de Memphis", informa em um comunicado o cirurgião responsável pelos transplantes nesse hospital, dr. James D. Eason.

"Jobs era o paciente mais grave da lista de espera no momento em que o órgão do doador ficou disponível", explicou o cirurgião. "Jobs se recupera bem e o prognóstico é excelente", afirmou ainda, acrescentando que este comunicado foi divulgado com a permissão do paciente.

Segundo o jornal financeiro Wall Street Journal em sua edição de sábado, Jobs, de 54 anos, recebeu há aproximadamente dois meses um transplante de fígado, mas o jornal não especificou se o transplante estaria associado a um ressurgimento do câncer de pâncreas pelo qual foi tratado em 2004.

Jobs, considerado um visionário da informática e responsável por sucessos mundiais como iPods, iPhones e os computadores Mac - e também muito criticado por ser muito autoritário - anunciou em janeiro que entraria de licença até o final de junho. Na época, a Apple alegou um desequilíbrio hormonal, gerando todo tipo de especulação sobre a saúde de seu número um.

Rumores da morte de Jobs, inclusive, chegaram a circular na rede, sem que a Apple emitisse nenhum comentário.

Mas, já nesta segunda-feira, o presidente do grupo Apple, Steve Jobs, marcou seu retorno ao trabalho com o anúncio de que o novo telefone celular iPhone 3GS teve mais de um milhão de unidades vendidas em três dias, após o lançamento na sexta-feira.

"Os clientes estão escolhendo e o iPhone, ganhando", declarou Jobs, citado em um comunicado pela primeira vez desde que se afastou do cargo por doença em janeiro.

str/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG