Um avião francês chegou hoje ao país sul-americano com médicos e diplomatas." / Um avião francês chegou hoje ao país sul-americano com médicos e diplomatas." /

Hospital colombiano se prepara para possível atendimento a Ingrid Betancourt

SAN JOSE DE GUAVIARE - As autoridades do departamento (estado) colombiano de Guaviare montaram um hospital para possível uso da missão médica liderada pela França e criada para prestar atendimento a ex-candidata à presidência da Colômbia Ingrid Betancourt, em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) desde 2002. http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/04/03/missao_francesa_chega_a_colombia_para_atender_betancourt_1257599.htmlUm avião francês chegou hoje ao país sul-americano com médicos e diplomatas.

EFE |

O governador de Guaviare, Oscar López, garantiu hoje à Agência Efe que as medidas de segurança no aeroporto local e em seus arredores foram reforçadas diante da possível chegada do avião francês que aterrissou na base militar de Bogotá nesta quinta.

"Neste momento a informação é de que a comissão chegou a Bogotá, mas não foi confirmado se vem para Guaviare. Este é um departamento de portas abertas, ainda mais para uma missão humanitária", disse López.

O governador acrescentou que as autoridades locais "estão prontas" para atender e colaborar com a missão humanitária, da qual participam Espanha, França e Suíça, e que dispõem de toda a infra-estrutura para garantir o sucesso da operação.

"Há um hospital que está preparado para atendê-la caso seja necessário. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) está encarregado do restante. O importante é que Ingrid Betancourt seja finalmente libertada", disse López.

Espanha e França cautelosas

Sarkozy afirmou nesta quinta-feira, em Bucareste, ter notícias sobre a missão lançada pela França, mas se negou a dar detalhes.

Mantendo a mesma atitude, o premiê espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, pediu "máxima prudência" ante esta missão, na qual a Espanha participa junto com a França e a Suíça para tentar libertar os reféns das Farc.

"Devemos ter a máxima prudência para que a missão humanitária possa ser concluída com êxito", afirmou Zapatero em coletiva de imprensa à margem da cúpula da Otan.

"Tenho notícias, mas levando em conta a delicadeza desse tema, não quero dizer nada. A missão já partiu", comentou, laconicamente, Sarkozy durante uma coletiva conjunta com a chanceler alemã Angela Merkel.

Entenda o caso

Ingrid Betancourt, 46 anos, é uma senadora franco-colombiana seqüestrada durante sua campanha à presidência da Colômbia. Ela está em poder das Farc desde 23 de fevereiro de 2002 e é uma das 39 reféns que a guerrilha pretende trocar por 500 insurgentes presos em uma negociação de um acordo humanitário com o governo colombiano.

(Com Efe e France Press)


Veja também:


Leia mais sobre:

Farc - Ingrid Betancourt

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG