Hong Kong, 19 set (EFE).- O Centro de Segurança de Alimentação de Hong Kong ordenou a retirada de produtos da marca Yili, após encontrar melamina em oito produtos mais desta companhia chinesa indicou hoje o diário South China Morning Post.

O chefe executivo hongkonrd Donald Tsang, informou que seu Governo ordenaria a retirada do mercado daqueles produtos que dessem positivo no testes.

No entanto, acadêmicos e parlamentares criticaram a recusa do Governo local para desaconselhar em geral o consumo produtos lácteos da parte continental.

Para o professor da Universidade China de Hong Kong Chan King-ming, é evidente que a melamina será encontrada em muitos mais produtos já que foi extensamente utilizada na China. EFE mch/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.