Hong Kong encontra alto índice de melamina em bolos e balas

Pequim, 23 set (EFE).- O Centro de Segurança Alimentar de Hong Kong encontrou índices de melamina superiores ao permitido em bolos e balas, o que sugere que o escândalo de adulteração do leite chinês poderá ter se estendido a outros produtos, anunciou hoje a entidade em comunicado oficial.

EFE |

Os resultados da pesquisa, publicados no site do Governo de Hong Kong, detectaram 4,6 ppm (partes por milhão) de melamina em balas da marca White Rabbit e 6,1 ppm em bolos Four Seas, quando a quantidade máxima permitida é de 2,5 ppm.

Estes dois produtos foram os únicos que registraram índices altos em uma pesquisa realizada por Hong Kong para determinar níveis de melamina em alimentos, que também analisou leite líquido e em pó, congelados, chocolate, biscoitos e café.

O Centro de Segurança Alimentar disse ter informado os resultados às autoridades e pedido a retirada do mercado dos produtos com altos índices.

Não serão tomadas medidas processuais, no entanto, já que as amostras analisadas foram fabricadas com data anterior à emenda que estabeleceu os níveis de melamina permitidos, acrescentou o comunicado.

A contaminação deliberada de leite e derivados com melamina causou problemas renais em quase 53 mil crianças na China, das quais quatro morreram, um caso que pôs em xeque os controles de qualidade dos alimentos no país asiático.

As balas White Rabbit são uma marca popular fabricada na China e vendida em vários países asiáticos, enquanto a marca de bolos Four Seas tem sede em Hong Kong. EFE abc/ev/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG