queimam bonecos de Zelaya, Micheletti e Chávez - Mundo - iG" /

Hondurenhos queimam bonecos de Zelaya, Micheletti e Chávez

Por Gustavo Palencia GERMANIA, Honduras (Reuters) - Fartos da crise política deflagrada com o golpe de Estado contra o presidente Manuel Zelaya, os hondurenhos queimaram na noite de quinta-feira bonecos representando quem eles consideram culpados pela crise, incluindo o próprio mandatário deposto.

Reuters |

As figuras do presidente de facto, Roberto Micheletti, do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e de Zelaya foram queimadas nas ruas de Germania, uma vila ao sul da capital Tegucigalpa, nos últimos minutos de 2009.

A cena se repetiu em vários pontos da capital hondurenha e em zonas rurais do país centro-americano, em uma tradição chamada "a queima do ano velho", onde a população faz uma espécie de balanço de seus problemas sociais e políticos.

"Esses três (Zelaya, Micheletti e Chávez) têm culpa de tudo o que aconteceu, eles nos causaram muitos prejuízos", disse Luis Lagos, de 22 anos, proprietário de uma loja de móveis.

Zelaya foi derrubado em 28 de junho por militares que o expulsaram do país. Em seu lugar assumiu Micheletti, que apesar das grandes pressões internacionais, inclusive dos Estados Unidos, se mantém no poder e se nega a restituir o poder à Zelaya, um aliado de Chávez.

"Eles são responsáveis por todos os problemas econômicos e pelo temor que sofremos este ano desde o golpe", afirmou Lagos, referindo-se à instabilidade do país, que ficou sem ajuda internacional, o que prejudicou uma economia já castigada pela recessão nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG