Hondurenhos protestam contra volta de Zelaya

Partidários do governo interino de Honduras ocuparam nesta sexta-feira as ruas de San Pedro Sula, a capital econômica do país, para protestar contra a volta do presidente deposto, Manuel Zelaya, ao território hondurenho.

AFP |

O protesto foi transmitido ao vivo pela TV hondurenha, que ignorou o breve regresso de Zelaya ao país, pela fronteira com a Nicarágua.

Vestidos de branco e exibindo cartazes contra Zelaya e o presidente venezuelano, Hugo Chávez, os partidários do atual governo compareceram em massa ao protesto, a exemplo do que ocorreu na terça-feira passada em Tegucigalpa.

Em San Pedro Sula ocorre uma crise semelhante ao conflito nacional, com o prefeito da cidade, Rodolfo Padilla, desaparecido desde o golpe de Estado, em 28 de junho, e os partidários do presidente interino, Roberto Micheletti, tentando colocar na prefeitura seu sobrinho.

Funcionários municipais ligados a Zelaya ocuparam hoje o prédio da prefeitura de San Pedro Sula para exigir que o substituto de Padilla seja alguém ligado ao ex-prefeito, e não William Hall Micheletti, sobrinho do presidente interino.

nl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG