Honduras registra 14 mortes pela gripe

Tegucigalpa, 15 set (EFE).- As vítimas fatais por causa da nova gripe em Honduras aumentaram para 14, após a morte de uma menina no norte do país, informou hoje um porta-voz do Ministério da Saúde hondurenho.

EFE |

A menor, de 3 anos, morreu na sexta-feira passada no hospital do Instituto Hondurenho de Seguridade Social de San Pedro Sula e era originária de Choloma, ambas localidades do departamento de Cortés, afirmou a fonte.

O porta-voz afirmou que a quantidade de casos confirmados da doença já subiu para 475 depois de terem registrado ontem outros 16 em todo o país, que se somaram aos 459 verificados até sexta-feira.

Até agora, houve mortes por causa da nova gripe em dez dos 18 departamentos de Honduras, acrescentou, sem dar mais detalhes.

A fonte disse que, nos laboratórios do Ministério da Saúde, são analisados semanalmente cerca de 15 amostras de pacientes suspeitas de ter relação com a doença.

O primeiro caso da nova gripe em Honduras foi confirmado em 21 de maio, e a primeira morte, em 22 de junho, segundo os registros de saúde. EFE lam/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG