Cinco membros da Organização dos Estados Americanos (OEA) ficaram detidos durante seis horas, ao chegar ao aeroporto de Tegucigalpa, e quatro foram expulsos do país, informou à AFP o único membro da equipe que permaneceu em Honduras, o chileno John Biehl.

mck/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.