Tamanho do texto

BAGDÁ (Reuters) - Dois homens-bomba mataram pelo menos 19 pessoas na quinta-feira em ataques ocorridos em Bagdá e em Kirkuk, no norte do Iraque, segundo autoridades. No primeiro ataque, um homem-bomba fardado se misturou a milicianos sunitas que combatem insurgentes em Kirkuk e aguardavam seu pagamento. Ele detonou suas vestes explosivas junto à fila, deixando pelo menos sete mortos. Carros próximos foram danificados, e era possível ver sangue em meio aos cacos de vidro.

O segundo atentado ocorreu em um movimentado mercado do bairro de Doura, na zona sul de Bagdá, matando 12 pessoas e ferindo 25, segundo a polícia.

Autoridades locais disseram que entre os mortos há três soldados norte-americanos. Os militares dos EUA não confirmaram a informação.

Um hospital próximo ficou cheio de feridos, inclusive uma idosa e vários rapazes, alguns chorando em agonia. No local da explosão, um lençol cobria um corpo, e embalagens de ataduras tomavam o chão de uma loja, em meio a poças de sangue.