A polícia iraquiana disse que homens armados com uniformes do Exército mataram pelo menos 25 pessoas no sul da capital do Iraque, Bagdá. A área é predominantemente sunita.

Segundo as autoridades, os homens entraram em várias casas no vilarejo de Sufiya nas primeiras horas da manhã deste sábado e mataram a tiros 20 homens e cinco mulheres.


Acredita-se que as vítimas eram partidários de milícias sunitas locais, que mudaram de lado e decidiram lutar contra a rede extremista al-Qaeda e seus aliados há dois anos. O correspondente da BBC em Bagdá, Jim Muir disse que naquela época a troca de lealdades de vários iraquianos marcou um ponto de virada para a insurreição no país.

Reuters
Ponto de checagem no Iraque


No passado, insurgentes realizaram ataques de vingança contra antigos aliados em áreas que costumavam controlar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.