Vigilante de empresa foi encontrado amarrado. Polícia investiga o caso porque apenas uma pessoa cuidava de galpão

Homens armados roubaram dois monomotores Cessna 206 de um aeroporto da Venezuela após surpreender um guarda e decolaram nas aeronaves, informou a Guarda Nacional Bolivariana (GNB, Polícia militarizada).

As duas aeronaves saíram pouco antes do amanhecer do galpão que a empresa Aéreo Transporte La Montaña tem no aeroporto Tomás de Heres de Ciudad Bolívar. Elas decolaram imediatamente, após percorrer poucos metros, informou o tenente-coronel Manuel Sánchez, responsável da GNB no terminal.

Em declarações à estatal "Agência Venezuelana de Notícias" (AVN), Sánchez revelou que o guarda surpreendido contou que a ação foi empreendida por quatro ou cinco sujeitos armados que vestiam uniformes do Corpo de Pesquisas Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC).

Após a decolagem dos monomotores, uma comissão foi enviada para investigar e o vigilante da empresa foi encontrado "amarrado", informou.

"Os monomotores deste tipo normalmente são abastecidos apenas quando vão decolar na manhã, mas temos a informação de que estas duas aeronaves tinham gasolina desde ontem à noite; além disso, todo o galpão estava sob cuidados de um só vigilante", revelou o chefe militar. Pela limitada capacidade de carga e pouca autonomia de voo, "este tipo de aparato não é atraente para o narcotráfico", e os ladrões eram "pessoas muito experientes e que conhecem este aeroporto muito bem, acrescentou".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.