Bagdá, 15 dez (EFE) - Um grupo de homens armados matou a tiros na noite de domingo sete membros de uma mesma família da seita yazidi em uma localidade do norte do Iraque, informou uma fonte policial.

A fonte explicou que um grupo de pistoleiros invadiu a casa na qual as vítimas estavam, na localidade de Singar, 150 quilômetros ao norte de Mossul, e mataram quatro homens e três mulheres yazidis, uma minoria religiosa que se transformou em alvo habitual dos grupos radicais islâmicos.

Por outro lado, outras 14 pessoas ficaram feridas em dois atentados ocorridos também domingo à noite, em Bagdá.

Sete pessoas ficaram feridas em diferentes graus devido à explosão de uma bomba no bairro de maioria xiita de Cidade Sadr, em Bagdá, no leste da capital, enquanto as outras sete ficaram feridas em um atentado similar no bairro Mansur, situado no oeste da capital iraquiana. EFE sj/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.