Homem-bomba mata 5 pessoas em cidade no noroeste paquistanês

Explosão ocorreu em Salarza, localizada cerca de 15 quilômetros ao norte de Khar

Reuters |

Um homem-bomba realizou neste sábado um ataque em um pequeno restaurante na região tribal de Bajaur, no Paquistão, próxima à fronteira com o Afeganistão, matando cinco civis e ferindo outros dez, disseram autoridades.

O Paquistão tem testemunhado um aumento da violência de militantes desde que o chefe da Al Qaeda, Osama Bin Laden, foi morto em uma operação dos Estados Unidos em uma cidade no norte do país no dia 2 de maio. Militantes do Taleban paquistanês aliados à Al-Qaeda prometeram vingar a morte do líder.

A explosão ocorreu em Salarza, localizada cerca de 15 quilômetros ao norte da importante cidade de Khar. "De acordo com testemunhas e evidências no local, foi um ataque suicida. O homem-bomba entrou no restaurante e detonou explosivos atados ao seu corpo," afirmou Saad Mohammad, uma autoridade do governo.

Segundo ele, cinco pessoas morreram. Moradores locais formaram uma força tribal para combater militantes do Taleban na região, que faz fronteira com o Afeganistão.

Um militante explodiu um carro-bomba e matou 27 pessoas do lado de fora de uma delegacia de polícia na cidade de Hangu, no noroeste do país, na quinta-feira.

O Taleban atacou no domingo passado uma base naval fortemente vigiada na cidade de Karachi, no sul do país. Dez militares foram mortos, e duas aeronaves acabaram destruídas.

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG