Homem-bomba detona explosivos em palácio presidencial da Somália

Segundo polícia, suicida tentou invadir veículo que fazia parte de comboio com soldados da União Africana

Reuters |

Um homem-bomba detonou seus explosivos na entrada do palácio presidencial na capital da Somália, Mogadíscio, nesta segunda-feira, ferindo dois soldados.

Segundo o porta-voz da polícia, Osman Aden, o suicida tentou invadir um veículo blindado que entrava no palácio e que fazia parte de um comboio de soldados de paz da União Africana. Os soldados atiraram contra o suicida para impedi-lo de entrar no veículo e ele, então, acionou seus explosivos.

"No momento em que atiraram no homem-bomba, ele estava se aproximando de alguns soldados que estavam patrulhando o palácio. Ele, então, se explodiu. Felizmente, somente dois de nossos soldados ficaram levemente feridos por estilhaços", contou ele.

Não está claro se o ataque foi organizado pelo grupo Al-Shabaab, ligado à Al Qaeda.

No início deste mês, homens-bomba mataram dois soldados de paz da União Africana e vários civis em Mogadíscio.

Há três anos, o Al-Shabaab lidera uma insurgência contra o frágil governo de transição do presidente xeique Sharif Ahmed, e controla grande parte de Mogadíscio e extensas regiões do sudeste e centro da Somália.

    Leia tudo sobre: al-shabbadsomáliamogadíscioataqueatentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG