Suspeito teria se suicidados após os crimes. Corpos das vítimas foram encontrados perto da árvore de Natal

A polícia do Estado do Texas, nos Estados Unidos, investiga se um homem vestido de Papai Noel teria matado seis familiares e depois se suicidado em um apartamento na cidade de Grapevine, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

Leia também: Ataques a igrejas durante missa de Natal causam mortes na Nigéria

O tenente Todd Dearing afirmou que as autoridades tentam esclarecer a sequência de eventos que levaram ao caso policial mais sangrento da história de Grapevine, município de 46 mil habitantes localizado na região metropolitana de Dallas.

Os corpos baleados de quatro mulheres e três homens - as idades das vítimas não foram reveladas - foram encontrados em pleno Natal depois que a polícia recebeu um telefonema de emergência. As sete pessoas "eram parentes por sangue ou casamento", e no apartamento, onde viviam três delas, havia duas armas, afirmou Dearing.

Ainda segundo o policial, os corpos estavam em torno de uma árvore de Natal e perto de caixas com presentes. "Não sabemos se ( o suspeito ) estava com eles ou chegou mais tarde", disse Dearing sobre o homem que as autoridades acreditam ser o autor do massacre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.