Homem uniformizado mata seis soldados estrangeiros no Afeganistão

Ataque aconteceu durante treinamento no leste do Afeganistão; agressor usava uniforme da polícia de fronteira

AFP |

Um homem usando um uniforme da polícia matou nesta segunda-feira seis soldados americanos das forças internacionais durante um treinamento no leste do Afeganistão, informou a Organização do Tratado do Atlântico Norte.

"Um indivíduo usando uniforme da polícia de fronteira disparou contra os soldados da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, da Otan) durante uma sessão de treinamento, matando seis militares", explicou a Otan em um comunicado.

"O atacante também morreu. Uma equipe conjunta de afegãos e da Isaf realiza uma investigação", acrescentou a Aliança, que não revelou a identidade das vítimas. O texto não informa se o agressor era policial ou apenas fingia ser.

Ataques cometidos por verdadeiros ou falsos militares ou policiais afegãos mataram no passado soldados das forças internacionais no Afeganistão, onde as tropas sob bandeira da Otan - das quais dois tercos são americanas - perderam em 2010 o maior número de efetivos desde o início da guerra contra a milícia islâmica Taleban, há nove anos.

Com essas seis mortes, sobe para 668 o número de militares estrangeiros mortos em 2010. Em 2009, o número de mortos foi de 521. A insurgência dos taleban se intensificou consideravelmente e estendeu-se geograficamente nos últimos três anos. No total, 2.238 soldados estrangeiros morreram no Afeganistão desde o fim de 2001.

AFP
Soldados dos EUA explodem muro em complexo ao redor do campo Kop Ahmed perto da cidade de Kandahar, Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistãoeuaotantalebanisaf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG