Homem suspeito de ameaçar políticos franceses é detido

Um homem suspeito de ter enviado ameaças a políticos franceses, entre eles o presidente Nicolas Sarkozy, por meio de cartas, algumas acompanhadas com uma bala, foi acusado nesta terça-feira à noite em Paris por ameaças de morte e detido, informou uma fonte judicial.

AFP |

Thierry J., de 51 anos, deficiente físico desempregado e membro de um clube de tiro do departamento de Herault (sul), foi acusado nesta terça-feira à noite por "ameaças de morte concretizadas em escritos e objetos" e por "infração da legislação sobre munições".

O suspeito foi detido, seguindo a pedido da Promotoria justificado pelo "risco de reiteração dos fatos", segundo a fonte.

O homem reconheceu durante sua detenção provisória ter enviado a personalidades de direita pelo menos cerca de trinta cartas com ameaças, frequentemente acompanhadas por uma bala de revólver e assinadas por uma misteriosa "célula 34". Entre essas personalidades estavam Nicolas Sarkozy e a ex-ministra da Justiça Rachida Dati.

Ele foi detido no domingo em Herepian, um povoado localizado 30 km ao norte de Beziers (sul), após a confirmação de sua autoria por meio de um exame de DNA feito com traços extraídos pela Polícia científica das quatro primeiras cartas enviadas pela "célula 34".

mat/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG