Homem que matou pastor em igreja nos EUA é processado

Um homem de 27 anos, suspeito de ter matado um pastor e ferido dois fiéis em uma igreja do Illinois no domingo foi processado nesta segunda-feira, informaram fontes judiciais.

AFP |

A polícia diz não saber por quê Sedlacek entrou na manhã de domingo na Primeira Igreja Batista de Illinois (norte) e disparou contra o pastor, Fred Winters, cuja bíblia recebeu uma das balas.

Os policiais descobriram uma agenda, na qual Sedlacek havia marcado o domingo como "o dia da morte", informou o promotor do condado de Madison, William Mudge.

Sedlacek foi indiciado com acusações de assassinato e tentativa de assassinato, de acordo com documentos judiciais divulgados nesta segunda-feira.

O homicida apareceu no St Louis Post Dispatch como portador da doença de Lyme, que ataca o cérebro.

A doença é uma infecção bacteriana que se manifesta em erupções cutâneas, inchaço das articulações e sintomas gripais, e pode causar problemas no coração, nas articulações e o sistema nervoso se não for tratada.

A mãe de Sedlacek contou que a doença quase o matou em 2003, causando lesões cerebrais, mas um tratamento o ajudou a melhorar o efeito das sequelas.

Os vizinhos relatam que o homicida agia como um desequilibrado mental, que às vezes gritava obscenidades no meio da rua sem qualquer motivo aparente.

mso/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG