Homem que matou 8 em ferro-velho é condenado à morte na China

Pequim, 9 fev (EFE).- Um homem de 35 anos de idade que assassinou oito pessoas, entre elas uma criança de dois anos, foi condenado à morte hoje pelo Tribunal Popular de Suizhou da província de Hubei, na região central da China, segundo informou a agência oficial de notícias Xinhua.

EFE |

Xiong Zhenlin cometeu os crimes na cidade de Luoyang, em 4 de janeiro, e foi detido uma semana depois.

O condenado se divorciou de sua esposa em setembro e pouco depois foi rejeitado por uma colega de trabalho.

Segundo explicou a acusação durante o julgamento, a rejeição das duas mulheres foi o motivo pelo qual Xiong decidiu se "vingar da sociedade".

Cinco vítimas eram empregados do ferro-velho onde ele trabalhava, e os outras três foram a companheira de trabalho que lhe rejeitara, o neto dela e um cliente que se encontrava no local no mesmo momento. EFE mmp/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG