Homem parecido com Karadzic viajou a Viena, não o ex-líder servo-bósnio

Viena - Petar Glumac não era a identidade usada pelo acusado de crimes de guerra servo-bósnio Radovan Karadzic em viagens a Viena, mas um curandeiro com passaporte croata residente na Voivodina sérvia muito parecido com o detido, informa hoje a imprensa austríaca.

EFE |

O próprio Glumac confirmou à agência de notícias sérvia "Tanjug" e ao jornal austríaco "Österreich" que Karadzic não usava esta identidade.

O curandeiro, de 78 anos, é muito parecido com a imagem de Karadzic para escapar da Justiça, também com barba branca, cabelo grisalho e óculos.

Glumac disse entender que tenham o confundido com o detido, já que "seu aspecto é parecido com o meu", mas ressaltou que não tem nada a ver com Karadzic.

Na sexta-feira passada, o Ministério do Interior da Áustria confirmou, mas pouco depois desmentiu, que Karadzic, detido em Belgrado, esteve em Viena em maio do ano passado, onde teria oferecido serviços de medicina alternativa a mulheres com problemas de fertilidade.

Leia mais sobre: Karadzic

    Leia tudo sobre: karadzic

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG