Homem nos EUA pode ser condenado à morte por causar descarrilamento de trem

Um americano de origem hispânica, declarado culpado nesta quinta-feira por ter descarrilado um trem com seu veículo em 2005 em Los Angeles, causando a morte de 11 pessoas, pode ser condenado à pena capital, informou uma fonte judicial.

AFP |

Após dois dias de debates, os jurados de um tribunal de Los Angeles declararam que Juan Manuel Alvarez, considerado responsável pelas 11 mortes, é acusado de assassinato em circunstâncias agravantes.

A promotoria concluiu que Alvarez, de 29 anos, deixou intencionalmente seu vehículo sobre os trilhos de um trem em um subúrbio ao norte de Los Angeles em 26 de janeiro de 2005, quando a composição descarrilou. Onze pessoas morreram e 180 ficaram feridas.

Alvarez afirma que queria se matar e que no último minuto se arrependeu, mas não conseguiu tirar seu carro da linha férrea a tempo porque saiu correndo.

Alvarez será condenado na etapa final do julgamento, que terá início no dia 7 de julho. Entretanto, a existência de "circunstâncias agravantes" determinada pelo júri podem fazer com que seja sentenciado à pena de morte.

pb/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG