Homem morre em Londres depois de inalar antraz

Um artesão morreu este domingo num hospital de Londres, depois de inalar esporos de antraz. Fernando Gomez, de 35 anos, teria sido contaminado manuseando couro animal importado durante a fabricação de tambores e obras de arte.

BBC Brasil |

Ele ficou internado por mais de uma semana na unidade de tratamento intensivo do hospital Homerton, no leste da capital britânica, antes de sua condição de saúde se deteriorar.

Outras sete pessoas foram medicadas com antibióticos como precaução, mas a Agência de Proteção à Saúde disse que pessoas que vivem perto do apartamento ou do ateliê de Gomez, no bairro de Hackney, não correm perigo.

O chefe da agência, Nigel Lighfoot, afirmou que o risco de contaminação acontece quando se fabrica tambores usando couro animal, e não apenas pelo toque.

"Devemos, no entanto, alertar todos aqueles que fazem instrumentos de percussão usando couro importado que há risco de contato com antraz e que eles devem estar cientes disso e tomar as devidas precauções para se proteger enquanto estão fabricando os tambores", disse Lightfoot.

A Agência está tentando identificar de onde veio o couro infectado com antraz.

Um integrante da administração local do bairro onde Fernando Gomez vivia frisou que "este é um caso extremamente raro" e que "este tipo de antraz não pode ser transmitido de uma pessoa para outra".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG