Um homem armado com uma faca matou sete pessoas e deixou outras 11 feridas no centro de Tóquio, segundo relatos da mídia japonesa. O incidente ocorreu no distrito de Akihabara, uma área popular entre jovens e turistas.

Segundo relatos, o suspeito, que teria sido identificado como Tomohiro Kato, de 25 anos, dirigiu seu carro contra um grupo de pessoas e depois começou a esfaquear qualquer um que passasse por seu caminho.

"Eu vi uma carnificina. Corpos por todos os lados. Alguns estavam conscientes, outros não, deitados na calçada e na rua. Havia muita gente, muitos curiosos", disse à BBC James Slaymaker, um britânico que chegou ao local pouco depois do ataque.

Outra testemunha disse à agência de notícias japonesa Kyodo News: "O homem pulou sobre outro homem que ele tinha atropelado com seu carro e o esfaqueou diversas vezes. Andando na direção da estação de Akihabara, ele cortava pessoas aleatoriamente."
O suspeito foi preso perto do local dos ataques.

Crime

O ataque em Tóquio acontece no mesmo dia em que, em 2001, um homem com problemas mentais entrou numa escola primária e matou oito crianças a facadas.

Outros quinze estudantes e professores ficaram feridos no ataque, ocorrido na cidade de Osaka.

Este tipo de episódio, que já foi raro no Japão, está se tornando mais comum nos últimos anos.

Em janeiro, um rapaz de 16 anos armado com duas facas de cozinha feriu várias pessoas numa rua comercial lotada em Tóquio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.