TÓQUIO - O homem mais velho do mundo comemorou seu 113º aniversário nesta quinta-feira dizendo aos repórteres que quer viver mais cinco anos.

Acordo Ortográfico

Tomoji Tanabe, que nasceu no dia 18 de setembro de 1895, recebeu presentes de aniversário, flores e US$1 mil do prefeito de sua cidade natal Miyakonojo, na ilha de Kyushu, sul do Japão

Tanabe disse aos repórteres que quer viver "outros cinco anos mais ou menos", de acordo com o porta-voz da cidade Akihide Yokoyama. Isso é menos do que ele desejou no ano passado, quando disse que queria viver "para sempre".

O ex-pesquisador de terrenos da cidade, que vive com seu filho e nora, goza de boa saúde e mantém os hábitos que o fizeram chegar a essa idade. Ele acorda cedo e lê o jornal diariamente, bebe leite no final da tarde e faz suas refeições regularmente. Ele também evita o álcool e não fuma.


Tanabe recebe os convidados para comemorar seus 113 anos / AP

Na terça-feira ele acordou cedo para tomar café da manhã antes de receber o prefeito e membros da imprensa em sua casa, disse Yokoyama.

O presente em dinheiro que recebeu é dado aos moradores mais idosos da cidade em seus aniversários.

O Japão tem a maior expectativa de vida do mundo, quase 86 anos para as mulheres e 79 anos para os homens, que é atribuída à dieta rica em arroz e peixe adotada no país.

O número de japoneses que vive 100 ou mais anos duplicou nos últimos tempos, alcançando o recorde de 36 mil em 2008. Os centenários do país são na maioria mulheres, que compõem 86% do total.

A população centenária do Japão deve atingir 1 milhão, a maior do mundo, até 2050, de acordo com projeções da ONU.

A pessoa mais velha do mundo é Edna Parker, 115, que nasceu no dia 20 de abril de 1893 e mora num asilo em Indiana.

Leia mais sobre Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.