Homem é sentenciado à prisão por revenda de entradas para Jogos de Pequim

Pequim, 16 nov (EFE).- O Tribunal Popular do Distrito de Xicheng, em Pequim, sentenciou um homem a permanecer 30 meses na prisão e a pagar uma multa de mais de US$ 65.

EFE |

500 pela revenda de mais de 500 entradas para os Jogos Olímpicos, disputados na capital chinesa.

A agência oficial de notícias, "Xinhua", informou hoje que se trata do maior julgamento por revenda de entradas de teatro para os Jogos de Pequim.

O sentenciado, de 41 anos, comprou bilhetes para os Jogos para duas companhias em Pequim e Cantão a um preço entre um 50% e 60% superior ao oficial.

O homem reservou 527 entradas por cerca de US$ 33.700 através do sistema de compra pela Internet para o que se serviu de 2.500 identidades obtidas de maneira ilegal através da informação da companhia construtora de um amigo e de outros meios, assinalou a fonte oficial.

A Polícia o deteve no dia 13 de maio, quase três meses antes do começo dos Jogos. EFE jt/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG