Homem é preso por causar incêndio que matou 15 pessoas em videoclube no Japão

Tóquio, 1 out (EFE).- Um homem de 46 anos foi preso hoje por seu suposto envolvimento com o incêndio em um videoclube de Osaka (centro do Japão) no qual morreram 15 pessoas e dez ficaram feridas, informou a agência Kyodo.

EFE |

O detido, Kazuhiro Ogawa, é um desempregado que afirmou à Polícia que estava "cansado da vida" e que supostamente ateou fogo a um jornal que levava consigo em uma das minúsculas instalações do estabelecimento, que permitia que seus clientes assistissem a filmes em salas de menos de 2 metros quadrados.

Ogawa estava dentro da sala na qual o fogo se originou e, em um primeiro momento, disse que dormiu quando fumava um cigarro, informou a emissora "NHK".

As 15 vítimas eram homens que estavam em salas individuais do local quando aconteceu o incêndio, de madrugada, e que morreram por inalação de monóxido de carbono ou por queimaduras, informam os bombeiros de Osaka.

Segundo informações, os bombeiros conseguiram resgatar dez pessoas das chamas, três das quais estão internadas em estado grave.

O incêndio começou no primeiro andar do edifício, por volta das 3h (16h de Brasília desta terça-feira).

Todos os mortos - 15 homens - foram encontrados em quartos individuais do videoclube.

O fogo destruiu uma superfície de aproximadamente 30 metros quadrados e foi apagado em uma hora e meia. EFE psh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG